Safiras está com 214 bezerras e mede agora consumo de água

011_InstitucionalGrama2014_Safiras

O programa Safiras do Senepol está em curso na Fazenda da Grama, em Pirajuí/SP, novamente maior e com novidades. O sistema de avaliação que já foi premiado internacionalmente recebeu em abril 214 bezerras de 20 criatórios diferentes de todo o Brasil. Já venceu o período de adaptação e até os 150 dias finais de avaliação terá como novidade a medição do consumo de água dos animais.

As fêmeas tem acesso ao cocho que funciona como balança, exatamente como no sistema de avaliação da eficiência alimentar implantada na edição anterior pela Intergado, parceira do programa. “Não existe literatura que informe quanto de água um animal precisa para produzir um quilo de carne”, lembra o médico veterinário Marcelo Neves Ribas, responsável pelo sistema Intergado. “Essa contribuição do grupo Parceiros do Senepol para esse novo tipo de informação será importante para dar um novo direcionamento na composição do melhor animal para a pecuária”, completou.

Outra novidade do sistema é que, para acessar o cocho, a fêmea entra por uma cápsula que tem uma balança na plataforma, para medir o peso total da novilha. “Antes, a gente precisava manejar pelo menos sete vezes para saber a evolução do peso das novilhas e anotar o desenvolvimento delas, hoje os pesos vão chegar pelo menos cinco vezes por dia no sistema da Intergado”, comentou Neves Ribas.

O teste vai terminar em agosto e os relatórios serão gerados com essas novas informações, mais o resultados de todas as avaliações morfológicas, por ultrassonografia, de escore corporal, frame, contagem folicular e capacidade reprodutiva de cada uma.

Ao final, 10% das inscritas serão qualificadas Safiras Top10 e a maior parte (60%) vai receber a classificação de Safiras, também doadoras. Os 30% restantes serão nomeadas matrizes. O objetivo do teste é identificar os animais mais equilibrados e depois disponibilizá-los ao mercado em leilões do grupo Parceiros do Senpeol, organizados pela S+, na semana da genética qualificada denominada Vitrine do Senepol. Mas isso, só no segundo semestre. É só aguardar.

Esta entrada foi publicada em Notícias, Noticias Safiras e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + doze =