Grama vira personagem de livro sobre o Senepol

Todo o esforço de 15 anos antes para trazer a raça Senepol ao Brasil rendeu à Fazenda da Grama figurar como um dos principais personagens do livro “Senepol, Feito para o Brasil”, lançado em setembro pela Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos Senepol (ABCB-Senepol), dentro do Congresso Internacional da raça, em Uberlândia/MG. A Grama foi pioneira na importação de embriões puros em 2000, junto com outras duas marcas e, desde então, nunca deixou de criar a raça.

“Sempre acreditamos nela, por isso pesquisamos demais antes de importar aqueles embriões com tanto esforço”, lembra Júnior Fernandes. A família, do patriarca, José Antônio Fernandes Netto, decidiu criar a raça depois de medir nos produtos Montana que desenvolviam em casa todos os resultados da predominância do Senepol. “Fizemos muitas viagens e o Júnior foi decidido para os Estados Unidos buscar o Senepol. Deu no que deu”, conta o titular da marca.

desconhecido

A Grama ocupa muitas páginas do livro confeccionado a partir do pedido feito pela ABCB-Senepol para registrar a importância da raça desde o seu surgimento, na Ilha de Saint-Croix, Caribe, o seu desenvolvimento nos Estados Unidos e chegada ao Brasil. Este trecho é o que tem maior participação da fazenda. Júnior Fernandes, como técnico, também foi citado nos capítulos que detalham as características técnicas da raça, em função de ser um dos mais renomados técnicos do mundo, reconhecido no Brasil e no Exterior.

Por exemplo, uma das contribuições que deu à raça foi o estudo sobre a glândula sudorípara do Senepol, que estabelece o seu poder de adaptabilidade aos trópicos. “Foi um estudo realizado no programa Safiras do Senepol, com envolvimento de várias entidades, entre institutos de pesquisas e universidades, e essa descoberta nos deixou muito orgulhosos”, conta o médico veterinário, que também é um dos coordenadores da S+.

O livro “Senepol, Feito para o Brasil” é uma publicação da ABCB-Senepol, que teve tiragem inicial de 1.000 exemplares e que, em breve, poderá ter uma segunda edição.

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + quinze =