Árvore Genealógica

Linhagens importantes para o crescimento da raça Senepol

arvoregenealogicafazendadagrama-grande

A importância do controle da endogamia

Entende-se por endogamia (erroneamente chamado de consanguinidade) o resultado de cruzamento entre indivíduos aparentados, o que gera homozigose (genes iguais em um lócus).

O controle dos níveis de endogamia em um rebanho é importante e necessário, pois a mesma gera graves problemas que afetam negativamente a fertilidade, a produção e, principalmente, a sobrevivência de animais, impactando diretamente na eficiência e na rentabilidade do sistema de produção. Diversos estudos demonstram que um coeficiente de endogamia superior a 6,25%, já gera fortes impactos no sistema de produção. A tabela abaixo mostra exemplos de diferentes níveis de endogamia conforme acasalamentos entre parentes:

Touro x Filha: 25%
Touro x Neta: 12,5%
Meio irmão: 12,5%
Filho x Neta de um mesmo touro: 6,25%
Neto x Neta d um mesmo touro: 3,13%

Conhecer e controlar o pedigree (árvore genealógica) dos animais, observando e evitando acasalamentos que gerem níveis desinteressantes de endogamia é, sem dúvida, uma das ações de sucesso dentro do melhoramento genético de um rebanho.

Os comentários estão encerrados.